Museu de Arqueologia e Etnografia de Elvas
Design de ambientes
Realidade aumentada
Produção de conteúdos
Vídeo mapping interativo
Aplicação

Município de Elvas

2021

Em equipa com:

Stripeline

Encerrado ao público desde 2004, o MAEE é o maior museu da sua temática presente no Alentejo. Em 2021 reabriu no antigo edifício da Manutenção Militar de Elvas, após obras de adaptação. Este museu cruza as coleções do Museu de Arqueologia António Tomás Pires com a coleção do Grémio da Lavoura de Elvas, as quais deram origem à exposição permanente “O Território, do passado ao presente, das pessoas aos objetos”.

 

O projeto museográfico e de ambiente digital criado para esta exposição assenta em três pilares, interligados entre si. A História do território, das pessoas e dos objetos, presentes ao longo te toda a exposição, e que que inspiraram também a linguagem gráfica, rica em cores e formas do próprio Alentejo; as Pessoas, enquanto elemento principal da narrativa, que comunicam com o visitante através de objetos, ilustrações e animações; e o Tempo, por estarmos diante de um Museu que se pretende que perdure no tempo, com uma layer digital independente e com espaço para pontuais atualizações.

Image
Image

Na sala Biblioteca, um Livro Aumentado mostra informação impressa sobre as duas coleções e instituições que dão vida ao MAEE. À medida que o visitante folheia o livro, há conteúdos digitalmente animados que surgem sobre as folhas, e que não cabiam nas suas 20 páginas, que enriquecem a informação.

 

A sala dos Fornos é dedicada à tríade da alimentação mediterrânea, o Pão, o Vinho e o Azeite, representada em 3 mesas, elemento que representa a família, as tertúlias e as refeições. Através de um vídeo mapping interactivo, damos a possibilidade ao visitante de tocar em determinados pontos e aceder a conteúdos animados, que ajudam à interpretação dos objetos e dão a conhecer a dieta alimentar dos antigos Ganhões.   

 

Para homenagear o património cultural imaterial de Elvas, criámos um espaço mágico a que chamámos de “Contanário”. O seu formato em caracol remete para as memórias de infância à volta da fogueira, quando os avós contavam histórias e passavam conhecimento, ideal para podemos ver e/ou ouvir as mais diversas histórias do povo Elvense.

Image
Image

À entrada da sala principal do MAEE, o visitante é convidado a explorar a vasta rede de pessoas e instituições que contribuíram para a Arqueologia em Elvas, bem como para a maioria dos objetos expostos nas diferentes salas, através de um vídeo mapping interactivo, projetado numa parede que reage ao toque do visitante.


Contornando esta parede, encontramos uma sala corrida, dividida em cinco linhas temporais, que articulam a etnografia em comunhão com a arqueologia, através de grafismos, ilustrações e expositores que convidam à descoberta. Nesta sala vamos ainda encontrar dois pontos de paragem obrigatória. O primeiro um ecrã vertical, que funciona como janela para a Villa Romana da Quinta das Longas, totalmente reconstituída em 3D, e que pode ser explorada através de comandos presentes num totem.

Image

Mais ao fundo, um expositor cheio de sêmola de trigo (cereal amplamente cultivado em Elvas, durante o século passado) convida todos os visitantes a se tornarem arqueólogos por breves momentos. Ao escavarem a Praça da República, vão descobrir diferentes objetos que ali foram encontrados e a sua função. Mas de forma suave, para que eles não se partam.


A visita está próxima do fim e já se ouve ao longe a festa de S. Mateus, que se avistam desde o cimo da rampa. Mas antes somos imersos num ambiente mais escurecido e intimista, que nos vai revelar os rituais de enterramento, através de peças expostas e de conteúdos digitais, projetados e controlados a partir de um totem.


O MAEE foi desenvolvido para que, primeiro, as gentes do território de Elvas sintam orgulho no seu passado e nas suas tradições e, depois, quem visite Elvas, sinta que há muito para descobrir neste território. Da nossa parte, esperamos que o tempo passado neste museu, seja recompensador e convide a uma segunda ou terceira visita.

Image
Image